Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de um urso

Porque o dia não começa sem um café(forte) e uma boa leitura. Espaço onde irei partilhar um pouco deste meu "novo"eu.

Diario de um urso

Porque o dia não começa sem um café(forte) e uma boa leitura. Espaço onde irei partilhar um pouco deste meu "novo"eu.

Boas experiências

Tenho hoje um misto de sentimentos no meu coração que se refletem na minha expressão facial 

Foi mais um dia de trabalho duro no pomar de pêra rocha (entrar às 8h e sair às 18h tem que se lhe diga).

Estes três dias trouxeram-me bolhas nos pés arranhões por toda a extenção de braços e pernas e muita sujidade (pós pólen herbicidas etc) mas sobretudo trouxe-me a opurtunidade de conviver com gente jovem (e alguns menos jovens embora poucos) com quem travei conversas interessantes, aprendi, a quem ensinei e aconcelhei, e sobretudo vi (como já vos tinha dito no post anterior) que esta geração não é nada como muitos a pintam (embora ajam excepções claro) e o futuro do país está muito bem entregue(e que me perdoem as gerações mais velhas mas até acho que felizmente com mais cultura conhecimento e abertura e liberdade de pensamento do que nas gerações mais antigas) ali tiveram-se conversas em tom de desabafo, conversas profundas, concelhos mútuos, falou-se de crenças de literatura de tudo e mais um par de botas e houve muita muita galhofa e espírito de entreajuda.

Por isso mesmo hoje ao chegar ao escritório para receber os três dias e ao ouvir o dono da propriedade dizer que para a semana precisava de menos pessoas e por isso já não contava mais comigo (deu e bem primazia a quem já lá está a mais anos a trabalhar com ele) senti uma profunda tristeza, afinal estes dias fizeram-me bem em todos os sentidos desanuviei a cabeça, ocupando-a com trabalho boas conversas e muito boa disposição que me levou a desligar do telemóvel durante grande parte do dia e a não pensar no que me faz Infeliz, ganhei dinheiro (que sim é importante mas no meio disto tudo não foi de longe o mais importante) e cruei laços nso diria de amizade mas de empatia e companheirismo te do conhecimento ge te muito diferente de mim mas tso interessante e com tanto para ensinsr e com tanta vontade de aprender.

 

Por isso hoje sinto uma alegria enorme pela experiência que tive e que irei sem dúvida repetir no ano que vem. 

Mas também tristeza por ter de "abandonar" e o ar puro é a paz do pomar que tão bem me fez. As restantes férias serão em casa.

Hora de voltar a vidinha de merda

Sabem que mais? Se podesse trocar o meu emprego por um ano Inteiro na apanha trocava já é vocês já passaram por esta experiência? 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

este blog participa

mini.JPG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D