Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de um urso

Porque o dia não começa sem um café(forte) e uma boa leitura. Espaço onde irei partilhar um pouco deste meu "novo"eu.

Diario de um urso

Porque o dia não começa sem um café(forte) e uma boa leitura. Espaço onde irei partilhar um pouco deste meu "novo"eu.

30
Ago18

Obrigado a todos

Tenho de vos pedir imensa desculpa

Aprecebi-me nestes dias que preocupei as pessoas que têm a simpatia de me seguir por aqui e não tinha qualquer intenção de o fazer.

Se me premitem uma pontinha de egoísmo, soube-me bem, não me soube bem ter-vos preocupado e repito não o fiz para provocar estas reações, mas soube-me bem constatar que o mundo da blogoesfera é muito mais solidário que na maioria das vezes o mundo real e cria aqui uma espécie de rede de amizade, é engraçado que sempre disse que para se conhecer uma pessoa não é preciso vê-la não é preciso estar perto dela, as palavras que cada um de nós escreve nos nossos cantinhos os textos de desabafo os questionários e desafios que fazemos uns aos outros as peripécias de vida que vamos escrevendo mostram muito mais de nós do que uma simples conversa de café, e porque?

Porque a escrever não temos filtros, as palavras (às vezes sem querer) arrancam de nós mesmo aquilo que temos medo de revelar mesmo aquilo que guardamos no nosso intimo. 

A blogoesfera é portanto a prova provada de que a minha teoria está correta (e atenção não estou a dizer que isto substitui o contacto físico, os olhares, os sorrisos, os momentos, as conversas, o estar com amigos namorados/as, etc).

Por tudo isto tenho de vos agradecer a atenção, as palavras, o carinho, a simpatia e sobretudo a preocupação que demonstraram e demonstram a cada comentário, acreditem que para mim que me sinto numa solidão profunda saber-vos atentos e preocupados comigo me enche o coração, mas mais uma vez vos peço desculpa, os meus textos são desabafos são lágrimas que não posso ou não consigo chorar, são dores guardadas nas profundezas do meu eu que preciso de deitar cá para fora para aliviar o peso do vazio que sinto, não tive nem tenho qualquer outra intenção que não esta, não tive nem tenho qualquer intenção de vos deixar preocupados, por isso mais uma vez vos peço desculpa e vos agradeço por tudo o que demonstraram e demonstram a cada post, e agradeço antecipadamente a todos quantos tenham a simpatia de continuar a seguir-me e a comentar as minhas partilhas sejam elas mais alegres ou mais tristes.

Graças a cada um de vocês sinto-me um pouco menos sozinho, se estou bem? Não, na verdade só me apetece desaparecer e não vejo soluções excepto aprender a viver com isto, e não é por a vida não poder mudar, é por eu não sentir forças para mudar a minha vida, é pela depressão estar enraizada ser crónica e sugar-me todas as energias e perspetivas de vida e de mudança. No entanto são pequenos grandes gestos como os vossos que me fazem enxugar as lágrimas e pensar que por muito que doa se vocês acreditam eu tenho de acreditar e lutar, só ainda não sei como com que forças e por onde começar.

Mas só amanha hoje já chorei e só me apetece desaparecer, tudo porque  tudo o que vocês dizem é verdade mas sem amor e amizade a solidão vence e isto é estúpido porque o amor só pode ser uma realidade feliz se eu reagir e mudar porque se a mulher que amo é uma guerreira batalhadora não se vê com alguém que desistiu e se resignou que não luta por mudar a sua vida por ser feliz.  Mas não só ela, qualquer pessoa quer alguém ao seu lado que lute que não se resigne que não se acomode porque amor e uma cabana é coisa de filme e amor não chega é preciso mais

E digam lá não é verdade não é preciso mais? 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

14 comentários

Comentar post

Pág. 1/2